23 Agosto 2021

O  Município recebeu, até o momento,  as seguintes vacinas contra a Covid-19:

  • Coronavac
  • Oxford/AstraZeneca
  • Pfizer/Biontech
  • Janssen

CORONAVAC/BUTANTAN

CORONAVAC

A vacina CORONAVAC/BUTATAN, é chamada de vacina adsorvida (inativada) é indicada para imunização ativa, para prevenir casos de covid-19, doença causada pelo vírus SARS-CoV-2, é indicada para indivíduos com 18 anos ou mais.

Essa vacina estimula o corpo a induzir imunidade contra o vírus SARS-CoV-2, para prevenção de doenças causadas pelo mesmo.

O laboratório Sinovac informou ainda que um estudo clínico com a CoronaVac realizado no Brasil mostrou que o imunizante foi mais eficaz em um pequeno grupo que recebeu a segunda dose do fármaco com um intervalo maior, chegando à taxa de proteção de 70% com um período de três semanas entre as doses.
                A Secretaria da Saúde recomenda que a segunda aplicação da Coronavac ocorra 28 dias depois da primeira.

Como todo o medicamento, a vacina adsorvida covid-19 (inativada), pode provocar eventos adversos, dos quais alguns podem exigir atendimento médico.

Reações adversas observadas a partir de estudos clínicos:

REAÇÕES MUITO COMUNS (podem ocorrer mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor no local da aplicação, dor de cabeça, cansaço.

REAÇÕES COMUNS (podem ocorrer entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): febre, dor no corpo, diarréia, náusea, dor de cabeça, dor muscular,calafrios,  perda de apetite,  tosse,  dor nas articulações, coceira, coriza, congestão nasal, dor ao engolir.

REAÇÕES INCOMUNS (podem ocorrer  entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): vômitos, dor abdominal inferior, distensão abdominal, tonturas, reação alérgica, pressão arterial elevada, hipersensibilidade alérgica ou imediata, dor de garganta,espirros, fraqueza muscular, sonolência, mal estar, hipotermia, desconforto nos membros, dor nas extremidades, dor abdominal superior, dor nas costas, vertigem, falta de ar,inchaço e, no local da aplicação, hematoma, coloração anormal, inchaço, coceira, vermelhidão, diminuição da sensibilidade e endurecimento.

OXFORD /ASTRAZENECA

A vacina covid-19 (recombinante) estimula as defesas naturais do corpo (sistema imune). Isso faz com que o corpo produza sua própria proteção (anticorpos) contra o vírus causador da COVID-19, o SARS-CoV-2. Issoajudará a proteger você contra a COVID-19 no futuro. Nenhum dos ingredientes dessa vacina pode causar a COVID-19.

Informe o seu profissional de saúde se você estiver grávida, amamentando, pensando engravidar ou planejando ter um bebê. Há dados limitados sobre o uso da vacina covid-19 (recombinante) em mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Seu profissional de saúde discutirá com você se você pode receber a vacina.

Os efeitos colaterais que ocorreram durante os estudos clínicos com a vacina covid-19 (recombinante) foram: Muito Comum (pode afetar mais de 1 em cada10 pessoas)  Sensibilidade, dor, sensação de calor, vermelhidão, coceira, inchaço ou hematoma (manchas roxas)

· Onde a injeção é administrada  Sensação de indisposição de forma geral

·  Sensação de cansaço (fadiga);

·  Calafrio ou sensação febril;

·  Dor de cabeça;

·  Enjoos (náusea);

·  Dor nas articulação ou dor muscular;

· Comum (pode afetar até 1 em cada 10 pessoas)  Um caroço no local da injeção;

·  Febre;

·  Enjôos (vômitos);

·  Sintomas semelhantes aos de um resfriado como febre alta, dor de garganta, coriza (nariz escorrendo);

· tosse e calafrios Incomum (pode afetar até 1 em cada 100 pessoas)  Sensação de tontura;

·  Diminuição do apetite;

·  Dor abdominal;

·  Linfonodos (ínguas) aumentados;

·  Sudorese excessiva, coceira na pele ou erupção na pele;

· Em ensaios clínicos, foram notificados casos muito raros de eventos associados a inflamação do sistema nervoso, que podem causar dormência, sensação de formigamento e/ ou perda de sensibilidade. No entanto, não está confirmado se esses eventos foram devido à vacina.

Se você observar qualquer efeito colateral não mencionado nessa bula, informe o profissional de saúde.

A eficácia da vacina da Oxford/AstraZeneca é de 82,4% após a segunda dose.

A Vacina covid-19 (recombinante) é indicada para a imunização ativa de indivíduos a partir de 18 anos de idade para a prevenção da doença do coronavírus 2019 (COVID-19). Estimula as defesas naturais do corpo (sistema imune). Isso faz com que o corpo produza sua própria proteção (anticorpos) contra o vírus causador da COVID-19, o SARS-CoV-2. isso ajudará a proteger você contra a COVID-19 no futuro. Nenhum dos ingredientes dessa vacina pode causar a COVID-19.

PFIZER/BIONTECH

ComirnatyTM é uma vacina para prevenir a doença COVID-19 provocada pelo vírus SARS-CoV-2 em indivíduos com idade igual ou superior a 12 anos. A vacina faz com que o sistema imune (as defesas naturais do organismo) produza anticorpos e células de defesa que atuam contra o vírus SARS-CoV-2, possibilitando assim a proteção contra a doença COVID-19. Uma vez que a ComirnatyTM possui apenas uma parte sintética do material genético do vírus, e não o vírus em si, ela não provoca a doença COVID-19 em quem a recebe.

As doses da vacina da Pfizer/Biontech precisam ser mantidas congeladas a uma temperatura de -80 ºC, sendo necessário o uso de ultrafreezers. O seu transporte e armazenamento requer caixas próprias com 31 quilos de gelo seco, onde podem ficar armazenadas por até 30 dias, desde que o gelo seco seja trocado a cada cinco dias.

O laboratório recomenda a aplicação com um conjunto de agulha e seringa chamado de “baixo volume morto”, para ter o menor desperdício possível do líquido e os vacinadores conseguirem extrair todas as seis doses de cada frasco.
Para o esquema vacinal completo, serão necessárias duas doses com um intervalo de 21 dias ou mais.

A melhor resposta, de acordo com a Pfizer, é com exatos 21 dias, mas, se passar, não há erro vacinal, podendo ser estendido ao prazo máximo de três meses de intervalo entre a primeira e a segunda dose.

A eficácia da vacina, de acordo com o produtor, é de 95%.

Como todas as vacinas, a ComirnatyTM pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestam em todas as pessoas.

REAÇÕES MUITO COMUNS (ocorrem em 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor e inchaço no local de injeção, cansaço, dor de cabeça, diarreia, dor muscular, dor nas articulações, calafrios e febre.

REAÇÕES COMUNS (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): vermelhidão no local de injeção, náusea e vômito.

REAÇÕES INCOMUNS (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): aumento dos gânglios linfáticos (ou ínguas), reações de hipersensibilidade [por exemplo, erupção cutânea (lesão na pele), prurido (coceira), urticária (alergia da pele com forte coceira), angioedema (inchaço das partes mais profundas da pele ou da mucosa)], sensação de mal estar, dor nos membros (braço), insônia e prurido no local de injeção.

REAÇÃO RARA (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes): paralisa facial aguda.

DESCONHECIDA (não pode ser estimado a partir dos dados disponíveis): reação alérgica grave (anafilaxia).

Comunicação dos efeitos adversos Se tiver quaisquer efeitos adversos, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Estes incluem quaisquer efeitos adversos possíveis não mencionados nesta bula. Ao comunicar os efeitos adversos pode ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

JANSSEN

A vacina covid-19 (recombinante) é indicada para  imunização ativa para prevenir a COVID-19 causada pelo SARS-CoV-2 em indivíduos com 18 anos de idade ou mais. O uso desta vacina deve estar de acordo com as recomendações oficiais

O principal diferencial da Janssen, da Johnson & Johnson, em relação aos demais já disponíveis é a necessidade de apenas uma dose, atingindo eficácia de até 85% para casos graves da doença depois de 28 dias da aplicação. A eficácia global da vacina para casos leves, de acordo com a bula, é 67% em todos os indivíduos.

Reações adversas relatadas após vacinação com a vacina covid-19 (recombinante):

MUITO COMUM: cefaléia, náusea, mialgia, fadiga; dor no local da injeção

COMUM: tosse, artralgia, pirexia, eritema no local da injeção,  inchaço no local da injeção, calafrios

INCOMUM:  tremor, espirros; dor orofaríngea, irritação na pele, hiperidrose, fraqueza muscular, dor nas extremidades,  dor nas costas, astenia,  mal-estar

RARO:  hipersensibilidade ,  urticária

DESCONHECIDO (não pode ser calculado a partir dos dados disponíveis): anafilaxia.

Veja abaixo como entrar em contato conosco