Força Tarefa

18 Outubro 2019

Agentes da Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar realizaram operação no município, na última quinta-feira, 17/10.

Na ocasião, cinco estabelecimentos foram autuados, nenhum estabelecimento foi fechado.

Foram apreendidos carnes e outros produtos de origem animal sem procedência e alimentos vencidos. Manipulação e armazenamento inadequado de alimentos também motivaram as autuações.

A Coordenadora da Vigilância Sanitária Municipal, Ana Lúcia Brutti, esclarece que os comerciantes são seguidamente orientados pela equipe do município.
“Já foram feitas vistorias junto a Vigilância da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde de Santa Maria – RS, na intenção de instruir o proprietário sobre a adequação do seu estabelecimento comercial”, explica Ana Lúcia.

A Coordenadora também informa que a cobrança da Vigilância não é para prejudicar o comerciante, mas para cuidar da saúde da população. 
“O nosso trabalho é zelar para que as pessoas façam o correto e que a população não sofra com problemas de saúde”, diz Ana Brutti.

Ainda, a Vigilância Sanitária Municipal expõe que os estabelecimentos não foram escolhidos propositalmente, essa força tarefa está atuando em todas as cidades do Estado.

Quanto aos produtos coloniais apreendidos, a Coordenadora esclarece que para a exposição no estabelecimento comercial, o produto precisa conter procedência, registro no órgão competente, identificação, rotulagem, carimbo e nota fiscal. Caso contrário, ainda que se entenda que alguns produtos são melhores que os industrializados, as regras para a sua comercialização devem ser observadas.

Segundo a Vigilância Municipal, parte dos produtos apreendidos e considerados impróprios para consumo humano, foram doados ao Mantenedouro de fauna São Braz.

Veja abaixo como entrar em contato conosco