AUDITORIA – OS VALORES DESVIADOS DO MUNICÍPIO

04 Novembro 2019

Há cerca de um mês, a empresa contratada pela Prefeitura para prestar o serviço de auditoria contábil apresentou sua primeira análise do caso de desvio de verba pelo ex-tesoureiro do município.

A primeira análise da MACIEL AUDITORES S/S:

Foram constatadas inúmeras inconsistências na contabilidade que precisaram ser analisadas de forma mais detalhada para diferenciar desvios de recursos e erros de lançamento contábil.

Desse modo, como já divulgado, foi acrescentado um termo aditivo no contrato com a empresa para a realização de perícia forense contábil jurídica, a fim de indicar, de forma clara, quem seriam os beneficiários indevidos de recursos públicos.

A perícia constatou que:

Através de uma minuciosa análise nos documentos fornecidos e aqueles extraídos do software próprio site da Prefeitura de São Martinho da Serra foi verificado os empenhos, balancetes, razões, extratos e comprovantes bancários.

Assim, foi possível verificar fortes indícios de FRAUDE contábil, constatando que o ex-tesoureiro transferiu para suas contas pessoais o valor de R$ 543.193,39 (quinhentos e quarenta e três mil, cento e noventa e três reais e trinta e nove centavos), entre janeiro de 2014 a maio de 2019.

Além disso, pelo menos, duas outras pessoas teriam recebido valores de forma atípica, uma delas, ex-integrante do quadro de servidores, no valor de R$ 34.294,67 (trinta e quatro mil, duzentos e noventa e quatro reais e sessenta e sete centavos), e outra no valor de R$ 140,60 (cento e quarenta reais e sessenta centavos).

Deste modo, de acordo com o relatório de auditoria é possível afirmar que o montante do valor desviado no município é de R$ 577.488,06 (quinhentos e setenta e sete mil, quatrocentos e oitenta e oito reais e seis centavos).

De acordo com a Procuradoria Jurídica da Prefeitura, serão encaminhadas cópias da auditoria/perícia para Câmara de Vereadores, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Estadual, Polícia Civil para dar continuidade as investigações e para a Comissão do Processo Administrativo Especial, na intenção de que apure as responsabilidades internas dos possíveis envolvidos.

Quanto aos erros de lançamentos contábeis (que em nada se relacionam com a possível fraude), foi encontrada uma divergência no valor 13.502.364,38 (treze milhões, quinhentos e dois mil, trezentos e sessenta e quatro reais e trinta e oito centavos). Com relação a este fato, a Administração estuda a possibilidade de contratação de uma empresa para regularizar os erros contábeis.  

Relatório de Perícia ( 683,12 Kb )
Relatório de Auditoria ( 1,39 MB )
Anexo 02 ( 1,02 MB )
Anexo 03 ( 477,73 Kb )
Anexo 04 ( 1,25 MB )
Anexo 05 ( 918,33 Kb )
Anexo 06 ( 1.001,10 Kb )
Anexo 07 ( 976,40 Kb )
Anexo 08 ( 1,21 MB )
Anexo 09 ( 1,90 MB )
Anexo 10 ( 1,14 MB )
Anexo 11 ( 1,26 MB )
Anexo 12 ( 733,99 Kb )
Anexo 13 ( 758,33 Kb )
Anexo 14 ( 848,32 Kb )
Anexo 15 ( 817,25 Kb )
Anexo 16 ( 798,18 Kb )
Anexo 17 ( 740,53 Kb )
Anexo 18 ( 693,87 Kb )
Anexo 19 ( 862,12 Kb )
Anexo 20 ( 788,20 Kb )
Anexo 21 ( 709,01 Kb )
Anexo 22 ( 713,02 Kb )
Anexo 23 ( 892,41 Kb )
Anexo 24 ( 532,62 Kb )
Anexo 25 ( 535,98 Kb )
Anexo 26 ( 535,59 Kb )
Anexo 27 ( 1,63 MB )
Anexo 28 ( 686,94 Kb )
Anexo 29 ( 714,29 Kb )
Anexo 30 ( 627,91 Kb )
Anexo 31 ( 525,30 Kb )
Anexo 32 ( 608,03 Kb )

Veja abaixo como entrar em contato conosco